Ano de Trabalho em Profundidade

Uma abordagem PsychoEnergetics 

 

Ano de Trabalho em Profundidade em Lisboa, Portugal

com início em 2022

                                                 

Facilitado por Joana Carvalho

 Membro da equipa de professores de PsychoEnergetics Training

Assistida por Margarida Santos

                             

 Ano de Trabalho em Profundidade de PsychoEnergetics

Os Anos de Trabalho em Profundidade de PsychoEnergetics em Lisboa, Portugal, reúnem-se no bonito e tranquilo Hotel Torre d´Aguilha em Carcavelos. O nosso Ano de Trabalho em Profundidade de 2022-23 é baseado no tema: Avançar nos Fogos da Transformação. 

Avançar nos Fogos da Transformação

Vamos explorar as profundezas de como trabalhar com uma sensação de força vital na mente e no corpo: uma força vital em movimento, que incluirá as forças de eros e da agressividade. Este tipo de força vital ativa o calor das demandas apaixonadas.

Avançar nos Fogos da Transformação – datas

Sessão 1:

28 de Outubro das 18.30 à 21.20h (on-line)

Participantes novos- 12 Novembro 9.30h-13h (on-line)

26 e 27 de Novembro (presencial)

13 de Janeiro das 18.30 à 21.20h (on-line)

Sessão 2:

10 a 12 de Fevereiro (presencial)

14 de Abril das 18.30 às 21.30 (on-line)

Sessão 3:

26 a 28 de Maio (presencial)

7 de Julho das 18.30 às 21.30 (on-line)

Processo e supervisão de grupo on-line opcional: duas vezes por mês, de Outubro de 2022 a Julho de 2023 (a agendar de acordo com as necessidades do grupo)

 

700€ por ano (participantes novos)

580€ por ano (alunos PSEN)

“Early Bird”:

60€ de desconto para inscrições até dia 1 de Outubro, com pagamento na totalidade.

40€ de desconto para inscrições até 15 de Outubro (não se aplica a alunos PSEN)

Depósito de 150€ para formalizar a inscrição

Várias modalidades de pagamento disponíveis

O valor do grupo de supervisão online opcional é pago separadamente.

 

Informações e inscrição: Joana Carvalho: realsonho@hotmail.com                  

 

Local:

Torre D´Aguilha
Estrada Mata da Torre,
São Domingos de Rana 2785-599

http://www.seminariotorreaguilha.com

 

 

O Ano do Trabalho em Profundidade é para profissionais e terapeutas de várias modalidades de cura do corpo e da mente.

Também é apropriado para qualquer pessoa interessada em aprofundar a sua consciência pessoal e comprometida com seu processo pessoal.

“Habitar o Corpo é a base para tudo aquilo por que vale a pena lutar. É o solo dentro do qual o eu consciente é formado e transformado ”

Acerca do nosso Ano de Trabalho em Profundidade de 2022-23

– O nosso Ano de Trabalho em Profundidade de 2022-23, consiste em:

  • 3 encontros presenciais
  • 4 encontros on-line
  • reuniões online mensais opcionais

– O nosso Ano de Trabalho em Profundidade é para profissionais e terapeutas de várias modalidades de cura do corpo e da mente. Também é apropriado para qualquer pessoa comprometida com o seu processo pessoal.

– Durante este Ano, iremos transmitir e praticar várias formas de aumentar a consciência terapêutica e a capacidade de ajudar a aprofundar tanto o próprio processo pessoal, como para facilitar o aprofundamento do processo dos nossos clientes.

-Vamos praticar e aprender como aprofundar a relação terapêutica, como forma de aprofundar o processo do cliente e facilitar a mudança.

– Reunimo-nos num tranquilo hotel com lindos jardins onde, dependendo do clima, também temos a opção de trabalhar.

– Temos a opção de pernoitar no hotel, ou regressar a casa no final do dia.

– Teremos no máximo 22 participantes.

– O nosso Ano de Trabalho em Profundidade é conduzido por Joana Carvalho, membro da equipa de professores de PsychoEnergetics Training na Europa, assistida por Margarida Santos, graduada no programa de formação de PsychoEnergetics Training. Teremos também a colaboração de Michael Mervosh, co-fundador de PsychoEnergetics Training.

– Oferecemos também um grupo opcional online de processo pessoal e supervisão, duas vezes por mês, para os participantes que optarem por aprofundar seu crescimento pessoal e profissional. Este grupo ocorre de Outubro de 2022 a julho de 2023.

Observações:

– O Hotel Seminário Torre D´Aguilha disponibiliza alojamento e alimentação, cuja reserva e pagamento é feita diretamente ao mesmo, de forma independente da inscrição e pagamento do Ano de Trabalho em Profundidade.

– O valor da Inscrição do Ano de Trabalho em Profundidade cobre exclusivamente os custos desta formação.

________________________________________________________________________

 Para respeitar a coesão e integridade do grupo e do processo de formação, o novo participante deve fazer um compromisso mínimo de um ano completo.

 

Este ano vamos trabalhar com força vital, agressividade, e a nossa capacidade de nos tornarmos mais plenamente vivos, no corpo e na mente.

A agressividade é frequentemente mal compreendida, como se fosse uma força essencialmente hostil, violenta, ou meramente destrutiva. Embora uma forma distorcida de agressividade possa ter este aspeto, a agressividade é, em última análise, uma força que está implacavelmente ao serviço da vida. Esta força fundamental zela pela nossa própria existência. Permite-nos perseguir aquilo que nos torna mais vivos, liga-nos aos outros. Serve como uma função de segurança.

Contudo, as nossas ansiedades mais profundas irão, igualmente, ligar-se às nossas tendências agressivas mais primárias. Tendemos a temer a agressividade que vive no nosso interior e, muitas vezes, projetamo-la nos outros.

Quando conseguimos aprender que somos capazes de fazer frente à força agressiva de outros, e podemos convidá-los a enfrentar-nos, os nossos clientes podem transformar a sua própria relação com a agressividade, profundamente, e entrar mais plenamente na relação com um “outro”.

Iremos aproveitar a vitalidade e a segurança do nosso grupo para explorar o seguinte:

  • Explorar a agressividade “que nega a vida” e os padrões autodestrutivos que dela resultam, e que vivem em nós.
  • Fazer uso de agressividade saudável e funcional como forma de assegurar as pessoas, lugares e coisas de que precisamos.
  • Aprender a comunicar de uma forma mais clara e direta “Eu estou aqui agora. Agora tu, está aqui também”.
  • Explorar formas essenciais de manter o interesse e o prazer dentro de nós, e ver como eles servem para providenciar o apoio necessário para encontros transformadores.

Avançar nos Fogos da Transformação

Olharemos em profundidade para exatamente o que é necessário para transformar uma forma fundamental de ser, dentro do nosso eu. Isto é representado simbolicamente pela elementar força vital do fogo.
    

 

Aprenderemos a tolerar a quantidade necessária de calor interno para queimar aquilo que não é (ou que nunca foi) gerador de vida, nem ao serviço da vida.

Aprenderemos também o que é necessário para tolerar a ativação da criatividade e da inspiração fundamentadas e enraizadas no corpo – isso que pode trazer novas possibilidades e potencialidades para uma vida, um amor, um trabalho, significativos.

 

 

Nas nossas práticas de Habitar o Corpo:

Vamos explorar formas de ter uma sensação sentida do mundo à medida que ele se move através dos nossos corpos.

Vamos explorar a forma como o mundo é percebido e experienciado através das sensações corporais. Esta é uma forma direta e poderosa de ir para além das abstrações da mente, para dentro da profundidade do corpo, da forma como está vivo para o mundo.

 Nas nossas práticas de Mindfulness-Atenção Plena:

Continuaremos a trabalhar com as resistências que nos impedem de estar plenamente presentes nas nossas experiências vividas.

Também compreenderemos melhor as funções defensivas da rejeição de ‘O que é’, e cresceremos no nosso apreço pela forma como a mente vive dentro do corpo e através do corpo, e não apenas na nossa cabeça. Continuaremos a aprofundar as nossas práticas de atenção plena (mindfulness) no início de cada dia, e aprenderemos a aplicá-las nas nossas sessões com os clientes.

No segmento de Mente de Facilitador:

Iremos aprofundar mais na dinâmica de transferência e contratransferência.

Destacaremos as suas funções para o facilitador, e aprofundaremos a nossa compreensão da sua importância para os processos de transformação.

Nos ensinamentos de Trabalho de Processo:

Estabelecer Limites: Aumentaremos a nossa compreensão da importância de os estabelecer e manter – tanto para criar segurança como para permitir que o trabalho se desenrole ao longo do tempo, de formas processáveis.

Ser um Espaço de Contenção: Vamos aprender mais sobre o que significa proporcionar um processo eficaz para aqueles com quem trabalhamos. A função de Contenção pode tanto acalmar como trazer mais vida ao mundo interior dos nossos clientes.

Apoio e Desafio: Estas funções também proporcionam contenção, e são oferecidas de uma forma equilibrada através de uma atenção hábil ao que é essencialmente necessário aos nossos clientes.

Ser uma Força Disruptiva Útil: É tornar-se capaz de questionar pressupostos não examinados, perturbando padrões de comportamento habituais que amortecem a vida, convidando a novas possibilidades, e demonstrando um novo potencial de vitalidade vivida no corpo. Aprenderemos a diferença entre ser perturbado com a função de despertar ao invés de negar.

Providenciaremos segurança suficiente para que os participantes se sintam apoiados, de forma a tomarem os riscos necessários que os vão retirar dos seus padrões habituais de relação, de forma a poderem crescer e aprender como facilitadores e terapeutas

 

Introdução aos Anos de Trabalho em Profundidade de PsychoEnergetics

 

O que é PsychoEnergetics

PsychoEnergetics é uma abordagem multidisciplinar corpo-mente que combina o estudo da “psique” e das suas profundezas, com estudo da “energia” e inteligência do corpo.

Praticamos trabalho em profundidade e facilitação de processo terapêutico, através do uso integrado do corpo e mente dos facilitadores para aprofundar o crescimento do cliente e apoiar o despertar da sua consciência, assim como da vitalidade que anima a sua vida interior.

Trabalho Profundo

Trabalho Profundo refere-se a processos pessoais que tencionam ser curativos ou terapêuticos por natureza; têm como intenção mudar o nosso ponto de vista e nível de consciência para além das lentes usuais típicas que usamos para perceber a vida

Requer uma abordagem “não linear”, uma em que podemos aprofundar mais nos nossos espaços internos, nos aspetos mais subtis e inconscientes da nossa psique, usando a sensação sentida do nosso corpo para abrir as nossas mentes a espaços que ainda não vemos com clareza ou não vemos de todo.

A Arte de Facilitação de Processo

Como Facilitadores de Processo, notamos e seguimos um processo que se está a desenvolver ao longo do tempo, antes de fazermos qualquer tentativa de intervir nele. Não dirigimos nem impomos algo à experiencia do outro, ao invés disso, acompanhamos profundamente o outro, onde ele está, especialmente nos locais onde ainda não se consegue aceitar a si próprio ou à sua realidade.

Também ajudamos a guiar o outro até locais onde ainda não foi, onde ainda não foi capaz de ir ou não quis ir, sem o forçar e sem deixar que fique igual ao que sempre foi – isto é a arte de facilitar um processo.

No nosso trabalho de PsychoEnergetics e na nossa forma de ensinar:

– O trabalho profundo PSEN é concebido para envolver os praticantes nas profundezas da sua psique através de experiências vivenciadas no corpo.

– Aprofundamos através do habitar o corpo – através de exercícios experienciais, meditações de atenção plena, explorações do que é ‘Presenciar’ e sessões de facilitação de processos em profundidade.

– Providenciamos formas de trabalhar diretamente com o Eu-Corpo de outro e intervir sobre a natureza restritiva dos nossos sistemas de crença limitadores.

Oferecemos um espaço convidativo para que os praticantes abracem cada vez mais a sua própria humanidade, aceitando os conflitos, contradições e dilemas que todos nós partilhamos, e que permite que nos tornemos os seres humanos que somos.

– Os praticantes terão oportunidade de apreciar e desenvolver uma relação com a sua própria consciência plena que habita o corpo como uma presença que cura.

                                                                                                     

Práticas de Habitar o Corpo

Habitar o Corpo é um componente central de PsichoEnergetics. Vamos praticar ativamente exercícios e práticas que apoiem a ​​nossa própria Presença que Habita o Corpo.

Proporcionaremos aos participantes várias oportunidades de praticar o seu próprio Habitar o Corpo e a transmissão da sua própria presença em si mesma, como função de totalidade, vitalidade e saúde.

Exploraremos ativamente as diferenças entre falar de maneira geral sobre as nossas experiências e falar diretamente desde as nossas experiências, à medida que nos tornamos mais capazes de ser “presenças que habitam o corpo” que podem “trazer ao de cima” e transmitir a energia das nossas experiências internas.

 

Prática de Mindfulness – Atenção Plena

Ao longo deste ano vamos concentrar-nos em fortalecer e solidificar a nossa presença, praticando ativamente Mindfulness – Atenção Plena.

Vamos praticar Mindfulness como uma forma de nos ajudar a não julgar a nossa experiência. Aprendendo a aceitar a nossa experiência como ela é, ao mesmo tempo que aprendemos a aceitar a natureza impermanente de todas as nossas experiências.

 

Mente de Facilitador

Consideramos o desenvolvimento de uma ‘Mente de Facilitador’ essencial para nos tornarmos facilitadores qualificados, pois isso promove a capacidade de pensar ativamente em prol do cliente.

Os participantes terão oportunidade de usufruir de consultas imediatas enquanto trabalham, e sessões de supervisão em grupo pós-sessão.

Trabalhamos com a transferência e contratransferência, aprendendo ao focarmo-nos mais em como ser informados, e como fazer uso da nossa própria contratransferência como facilitadores.

 

Ensinamentos do Trabalho de Processo

Os Ensinamentos de Trabalho de Processo de PsychoEnergetics fornecem-nos lentes úteis através dos quais podemos manter a nossa atenção no espaço interno do outro, e ao mesmo tempo apoiar o desenrolar do seu movimento e experiência vivida.

Vamos concentrar-nos nos seguintes Ensinamentos de Trabalho de Processo:

CRIAR CONTENÇÃO – Aprendemos a habitar o corpo profundamente e a estar plenamente conscientes do nosso próprio interior, ao mesmo tempo que estamos sintonizados com o corpo e a mente do outro.

CRIAR ESPAÇO – Aprofundar requer tempo, espaço e paciência. Aprendemos a criar espaço para que algo aconteça.

FRONTEIRAS E LIMITES – a capacidade de estabelecer e manter fronteiras, de estabelecer e honrar limites, são aspetos de um contentor funcional, fundamentais para criar segurança tanto para o cliente como para o facilitador.

DESACELERAR O PROCESSO – Desaceleramos para estarmos suficientemente enraizados e centrados no nosso corpo, e sermos úteis e responsivos à experiência do momento presente do nosso cliente.

TOLERAR A INCERTEZA – Aprendemos a confiar no processo “ainda não conhecido” que se desenrola.

CRIAR E TOLERAR UMA “TENSÃO DINÂMICA” – Mantemos uma experiência “dinamicamente carregada” no “aqui e agora” e permanecemos com a experiência dando-lhe o tempo, o espaço e a atenção necessários.

ESTAR SINTONIZADO E DIFERENCIADO – Ao fazermos isso, providenciamos segurança suficiente que apoia os nossos clientes, para que possam assumir os riscos vitalizantes e necessários que os tiram dos padrões habituais de relacionamento.

SEGUIR O PROCESSO vs O CONTEÚDO – é outra capacidade importante, necessária para ajudar o cliente a ir além da verbalização de um evento para o significado mais profundo que dá vida a esse evento.

SUSPENDER JULGAMENTOS – praticamos pôr de lado o impulso para julgamentos em vez de o fazer desaparecer. Isto permite que surja um aspeto mais vulnerável do eu.

FAZER OBSERVAÇÕES DE PROCESSO– fazer uma observação sobre o processo de um cliente, não requer uma resposta do cliente, mas permite que surja uma nova orientação de uma forma que o cliente não poderia ter feito por si próprio.

UTILIZAR PERGUNTAS PARA INQUIRIR – uma boa pergunta não conduz a uma resposta imediata. Cria um espaço que leva a uma exploração para algo “até então desconhecido”.

SEGUIR PECULIARIDADES – aprendemos a notar pequenas e subtis idiossincrasias – aquelas características únicas que nos chamam a atenção mas que os clientes desconhecem. Praticamos trazê-las à consciência para uma exploração e não para uma correção.

TORNAR-NOS UMA FORÇA DISRUPTIVEL ÚTIL – o interesse ativo e a vivacidade do facilitador é a chave para iniciar novas possibilidades que perturbam a uniformidade do hábito crónico do cliente e as das suas formas de ser.

 

 

                                   

                     Estrutura dos Anos de Trabalho em Profundidade

 

Iremos oferecer quatro Anos de Trabalho em Profundidade, cada qual com um conteúdo e tema específico a praticar, em três encontros por ano. Os nossos Anos de Trabalho em Profundidade são baseados na noção circular de aprendizagem contínua, em contraste com uma progressão linear. Um participante pode entrar em qualquer ano em particular e, se assim o desejar, prosseguir ao longo de todos os quatro anos para concluir todos os temas.

Os nossos Anos de Trabalho em Profundidade são conduzidos por Joana Carvalho, membro da equipa de professores de PsychoEnergetics Training, assistida por Margarida Santos, graduada no programa de formação de PsychoEnergetics Training. Teremos também a colaboração de  Michael Mervosh, co-fundador de PsychoEnergetics Training.

 

Oferecemos também um grupo opcional online de processo pessoal e supervisão, duas vezes por mês, para os participantes que optarem por aprofundar seu crescimento pessoal e profissional. Este processo grupal é facilitado por Joana Carvalho.

 

 

                           Os dias  do Ano de Trabalho em Profundidade seguem um formato específico

Manhãs:                                                                                                       

  • Meditação guiada de Mindfulness – Atenção Plena e Meditação Habitada no Corpo
  • Palestra/Apresentação/Transmissão sobre o Tema do Dia
  • Sessão Experiencial Prática baseada no Tema
  • Grupo de Apoio e Processo baseado no Tema

Tardes:

  • Movimento Consciente a Habitar o Corpo
  • Sessões Práticas Baseadas no Tema
  • Sessões de Demonstração com Supervisão
  • Grupos de Supervisão
  • Experiencia de Integração em Grupo

 

Joana Carvalho

Joana começou o seu trabalho com grupos como professora de yoga há 22 anos atrás.

A sua paixão pela profundidade levou-a a formar-se como terapeuta de orientação corpo-mente, incluindo o trabalho de cura e o trabalho transpessoal. É Terapeuta de PsychoEnergetics e Psicoterapeuta.

Tem consultório particular em Lisboa, onde trabalha individualmente e em grupo. É membro da Equipa de Professores de PSEN Training em Espanha desde 2012 e Formadora/Supervisora na AlmaSoma em Lisboa desde 2012.

Facilita workshops de PsychoEnergetics em Portugal desde 2017 tendo iniciado os Anos de Trabalho em Profundidade de PsychoEnergetics em 2021.

Margarida Santos

Margarida licenciou-se em Engenharia Zootécnica e trabalhou em Higiene e Segurança Alimentar até 2006.

Desde então, segue o anseio por (re)conexão, abraçando o seu processo de desenvolvimento consciencial, formativo e profissional – agora como Terapeuta de Psychoenergetics, Psicoterapeuta Transpessoal e Supervisora/Formadora na AlmaSoma Instituto de Transpessoal